Desde que o CFO do Facebook, David Ebersman, admitiu em Outubro do ano passado que os jovens estavam usando a rede com menos frequência, a maioria aceitou isso como comprovação de que os jovens estavam deixando o Facebook em massa. Algumas pesquisas apontam que a rede estará morta em 2017; até o Obama falou que os jovens não usam o Facebook mais; e quando a comScore reportou recentemente que poucos estudantes estão usando o Facebook, diversos artigos sobre qual seria a nova rede da vez saíram.

Mas se você olhar os dados com mais atenção, verá uma história diferente. Claro, muitas fontes de dados mostram que o uso pelos jovens caiu, mas a queda é pequena e a maioria da audiência dessa rede ainda é jovem. A comScore encontrou somente uma queda de 3% entre os universitários, enquanto 89% dessa audiência ainda usam o Facebook, inclusive usam mais do que outros sites ou redes sociais.

Para investigar o comportamento social dos jovens, a Forrester fez uma pesquisa online com 4.517 jovens (12 a 17 anos), perguntando não somente que site social eles usam, mas também a frequência de uso.

O resultado foi claro: Facebook se mantém como a rede social favorita entre os jovens. Mais de três-quartos dos usuários jovens da Internet usam o Facebook – duas vezes mais que o Pinterest ou Tumblr ou Snapchat, e mais que o Instagram e WhatsApp juntas. E 28% dos usuários jovens que estão no Facebook, dizem que usam o tempo todo, muito mais que qualquer outra rede ou site.

Os jovens ainda dominam o uso do Facebook

A conclusão é que o céu não está caindo para o Facebook. Eles não têm problemas em captar e reter usuários jovens. Pode sim haver uma leve queda no uso em função de outros sites, mas isso não significa cancelamentos de contas. Na verdade esses usuários estão usando mais os dois aplicativos comprados pelo Facebook – WhatsApp e Instagram – ao mesmo tempo que o próprio Facebook.

Fonte: Forrester Research 

Background Photo: Jon Snyder/WIRED

Leave a Reply

Your email address will not be published.